quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

E você acha que é o Rei do Pedal??



Alguns estão usando roda livre, alguns roda fixa, mas todos tem mesmo é uma porrada de parafusos a menos na cabeça!!

Ps: Veja até o fim, é bem legal!

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Ultra News!



O Brasileiro Alexandre Ribeiro sagrou-se tetracampeão do Ultraman World Championship em Kona, Hawaii. Com o tempo final de 22:10:12 o brasileiro baixou seu record pessoal na competição em 10 min, metendo 6:30:59 pra dupla maratona e provando que está melhor a cada ano. Outro brasileiro também aparece na lista do Ultraman 2009, Paulo Calil (33:02:06) que já é veterano em Ultraman tendo participado do Ultraman Canada e está na sua segunda participação no Hawaii. O terceiro brasileiro a participar, Mario Madallozzo de Curitiba não completou a prova. Acompanhei alguns relatos do Madallozzo num blog de triathlon, que infelizmente não me recordo o nome, e é realmente uma pena ele não ter concluido pois é um caminho muito longo até Kona.

Impressionante também foi Shanna Armstrong, de Lubock, TX que meteu incríveis 25:48:46 vencendo a disputa feminina e ficando em 8ª no geral!!

Acompanhei também a prova de Jason Lester, um atleta que tem paralizia no braço direito e compete vários triathlons, inclusive Ironman e cravou 29:50:00. Recentemente, após mais de 10 anos de paralizia, o braço de Jason começou a mostrar movimentos novamente! É minha gente, um cara que encara tudo o que esse sujeito encarou deve ter uma mente muito forte e um espírito realmente elevado e isso se traduz em coisas fantásticas. Querer, é o primeiro e maior passo em direção ao sucesso!

O parceiro de treino de Jason Lester, Rich Roll terminou em 7º com 24:30:31 depois de liderar a prova no primeiro dia devido a sua excelente natação pois Rich foi campeão de natação na faculdade e seu pedal é muito forte também, Rich levou um tombo no Segundo dia o que tirou dele a possibilidade de uma colocação mais expressiva.

O mais impressionante no Rich é que ele pratica triathlon há 3 anos apenas! Outra coisa que impressiona é o fato dele ser Vegan. Rich come apenas alimentos vegetais e não consome nem mesmo ovos ou leites, além de restringir também o consumo de milho e soja. Ele é adepto e defensor da filosofia Plant-Strong e prova com seus feitos e sua forma física que existem sim muitas formas de obter proteína suficiente para um atleta de endurance sem o consumo de carne animal.

Pois é, coisas impressionantes acontecem, nós e que não tiramos as “tapas”dos olhos e insistimos em olhar sempre para a mesma direção, como “cavalos de padeiros” que de tão habituados a parar nas mesmas casas para fazer a entrega, no dia em que o morador mudou a cor da casa, o cavalo passou direto! Existem outras formas de viver e muita coisa diferente pode ser feita sem que para isso, outros animais tenha que sofrer, só precisamos parar e pensar.

Veja mais sobre o Ultraman em: www.ultramanlive.com de onde essas informações foram tiradas.

Aloha!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Marcos Novelo ganhou o prêmio do COB.

Eu estava lendo a matéria que fala do prêmio que o Colucci ganhou do COB como melhor triatleta de 2009 e tive uma grata surpresa. O Novelo ganhou como melhor ciclista de pista, o que me deixou muito contente. Conheço vários ciclistas e tenho muito respeito por todos mas o Novelo é o mais "chegado" e pedala conosco sempre que pode.
Atleta da Memorial (ainda eu acho...) ele foi em 2007 o campeão da Volta do Estado de São Paulo, título que herdou por causa de um caso de doping do primeiro colocado cujo nome eu não lembro e nem que lembrasse falaria, pois caras assim devem ser deixados de lado.
Então, parabéns ao Novelo, cara gente boa que vira e mexe dá uma roda pra gente na Limeira-Piracicaba!

Valeu!!

terça-feira, 24 de novembro de 2009

É pra frente que se anda.

Ai, antes de mais nada quero parabenizar todos os atletas que convivem comigo: Ito (voou na bike!!), Luigi (voou em tudo!!!), Thomaz, Beça, Junião e Davison. Quero mandar um abraço também pro Ciro que detonou tudo (acho que o Ciro só me conhece pelo blog pois na transição fui dar a mão pra ele e os parabéns por sábado e ele me olhou como quem nem sabia quem eu era, ou era concentração ou era sono?!?! Hahahaha) e pro Afonso que não via há anos e que estava lá também!!
Quero agradecer a ajuda de todo mundo da barraca, em especial do Braw que estava sempre perguntando se estava tudo certo e dando coca cola pra gente, e agradecer é claro a torcida e presença constante da minha mulher Karol e do meu filhão Luca que fez um esforço danado pra cruzar a linha de chegada comigo!! Foi demais! EMOCIONANTE!!

A prova foi meu melhor tempo até hoje. Nadei tranquilo (até demais), pedalei o que minhas pernas permitiram e corri o que meu espírito pode aguentar.

Foi exatamente aí, na corrida que eu superei as dores (que pra ser sincero foram embora depois do Advil) mas superei também a falta de treino longo . Fui o quanto deu, raspei o tacho e graças a Deus e meu recem adotado santo de devoção, São Miguel Arcanjo (defendei-nos na batalha!) consegui um dos meus objetivos, completar abaixo de 5 horas.

Valeu! Cresci muito nessas 6 semanas de treino onde tive que lidar com as limitações do meu corpo, a dor que me acompanhou sempre e meu ego que saiu meio arranhado disso tudo, porém, deu espaço a um espírito mais maduro e consequentemente forte. Eu estava perdido. Me encontrei.
É incrível como um pouco de dor te faz dar valor àqueles momentos em que você não tinha nada, nem uma dorzinha e mesmo assim não foi treinar por preguiça.

Enfim, obrigado a todos que torceram, obrigado aos aliados pela força e obrigado aos adversários pela disputa.

Nos vemos em breve!

sábado, 21 de novembro de 2009

Notícia: O Ciro ganhou o Short de Pirassununga!

Bom, se eu tiver alguma novidade de verdade, eu posto da próxima vez! Hahahaha! O cara arrebentou.
Como disse o Beça: - Ciro! Vai se fuder!! (na boa!)
Hahahaha! Dá pra dividir o cara em dois e ainda dão dois triathletas bons! Puta que o pariu!

Fui, vou dormir, amanhã começa cedo!

Abraço!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Tô até emocionado!

O Cesão (Cesar Jorge) de Piracicaba me emprestou o par de Zipp's dele!! Uma 808 na frente e uma Disc atraz...
Cara, minha bike foi feita pra ter um par de rodas desses!!! Não aquele lixo de Bontrager que eu ando!! Puta que o pariu!! Que rodas!!!
Nem sei se vai melhorar muito meu pedal, depois eu falo, mas que deixou a bike linda, isso deixou!


Outra novidade pra esse ano é o Garmin 310xt. Antes eu usava um Forerunner 305 mas a minha mulher tinha que me dar quando eu saia da água pois não era a prova d'água. No Ironman ela me deu só na maratona pois a bateria durava 10 horas mas na prática estavam durando 9 e isso era muito pouco pro meu pedal e corrida, então, quando lançaram o 310xt que tem bateria pra 20 horas e é a prova d'água, logo comprei um. Estou viciado em monitorar todos os meus treinos e isso é muito bom para manter o foco.



Agora, fazer a prova todinha com ele vai ser novidade! Espero que dê tudo certo e que depois da corrida eu possa publicar aqui no blog a prova todinha... Vai ser legal!
Bom, prometi que levaria a semana de forma normal mas não deu, mas o culpado foi o trabalho. Apenas pedalei 1:30 na quarta, não corri ainda e nadei na terça. Estou super parado mas me sinto bem. Meus tornozelos doem pouco e acho que vão me deixar correr tranquilamente.
Amanhã vou lavar a bike de manhã, arrumar os últimos detalhes e dar uma voltinha de 30 min com a roda tubular...
Depois disso vou buscar o kit e voltar pra casa, comer e descançar. Domingo é lenha!!

Abraço!

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Muitas coisas acontecendo...

É isso aí gente, tem muito movimento no mundo do triathlon esses dias!
Depois das proezas do Ciro no Hawaii, li no blog dele que ele tá quebrado! Pô Cirão, também... Tudo o que você treina sempre me impressionou mas eu sempre levei em consideração que você é diferente, realmente tem uma genética privilegiada que aliada a sua enorme força de vontade e dedicação te levou pro Hawaii e vai te levar muitas outras vezes. Mas cara, apesar de privilegiado, você é humano. Não cobre uma atuação sobre-humana de você mesmo, pega leve com o Ciro. Dá uma descansada boa e parte pra cima! Achei muito legal você ter possibilidade de fazer as duas provas de Pirassununga! É um desafio e tanto e tenho certeza que você vai se dar bem nas duas, mas depois disso, dá uma descansada pois se você sentiu o peso dos Ironman que vc fez esse ano, isso deve ser um aviso do seu corpo. Escuta seu corpo com atenção, ignorar os sinais dele vai te levar ao overtraining e pra um cara com a sua capacidade seria um desperdício. (Vou colar essa parte no Blog do Ciro)
Outra coisa que está acontecendo é a movimentação para o Long de Pirassununga. É muito legal pois além de ser a última grande prova do ano, é o objetivo de muita gente que quer melhorar sua marca ou de outros que estão começando nas provas longas. Enfim, é uma época muito legal e apesar de toda a dureza que estou passando, estou bem animado.
Sabadão fizemos um treino muito legal de transição no Portal das Rosas. Foi um 7oKm + 13Km que me deixou feliz.
Feliz porque consegui correr! Numa média de 5:09 min/km e com algumas voltas a 4 e tralalá! Mas acima de tudo, com as dores que eu estou, ter corrido já foi bom demais!
Fiquei feliz também porquê treinão de transição com uma galera é muito legal! Como eu sempre falo, quando eu largo uma bike e saio pra correr, eu me lembro da maravilha de esporte que eu pratico, o triathlon. Transição é triathlon na veia! Dá uma adrenalada como se fosse uma prova, e justamente por isso, prometi pra mim mesmo que o ano que vem vou competir mais, seja Short ou Iron, eu quero é escutar muita buzina!!
Eu fiz o treino todo dom o meu Garmin 310 xt e coloquei no ar no site da Garmin Connect:

http://connect.garmin.com/activity/18744368
http://connect.garmin.com/activity/18744361

Dêem uma olhada nesses links, é muito legal! Hahahaha, vocês já viram que eu não posso dar migué e falar que minha média foi "tal". Tá tudo aí, medido por GPS!!! Inclusive não se assustem, eu não estava esguelado não, meu batimento é alto mesmo!

Abraço!

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Final de semana de treinos = diversão!!


Quinta-feira: Pedalei (como vocês já viram no outro post) e nadei 3.000 a noite.

Sexta-feira: OFF (forçado, muito problema na cabeça, o Jack ganhou essa)

Sábado: Transição nas árvores com a galera de Piracicaba: 90Km pedal + 9Km corrida.
Pedalei bem, sozinho, sem roda de ninguém. Achei meu ritmo e fui.
Corri 5km forte e 4Km fraco.

Domingo: 2h de corrida. Me arrastei! Senti muitas dores e muito cansaço, mas o que valeu foi que fortaleci meu espírito! Lutei contra as dores, suportei a vontade de andar e fiz muita força pro ritmo não cair a um nível ridículo. Terminei com 6 pra 1 de média.

Achei que o final de semana foi ótimo, deu volume e preparou a minha cabeça. Não me cobro mais a respeito de ritmo porque não dá. A dor vem e eu tenho que baixar mesmo. Mas gostei muito do final de semana.

Abraço galera!!

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Treinos e adaptações do mesmo.

Bom, já deu pra perceber que a planilha proposta vem sofrendo adaptações. Hora por causa do Luca, hora por causa da dor, hora por causa da vida... Enfim, sempre temos motivos, mas o importante aqui é que eu tento adaptar de forma a manter o volume/intensidade propostos.
Terças por exemplo, passaram a ser dias de natação por causa do Luca, assim ele não precisa ir à academia de segunda e eu aproveito que tenho que leva-lo na terça e nado, mas infelizmente nado menos. As vezes a Karol chega a tempo de dar banho nele, aí eu faço os 4.000m, do contrário sai só 2.000m mesmo!
Já no pedal de terça a coisa muda. Como li na Triathlete Magazine deste mês aquilo a respeito de "bricks" resolvi colocar isso de quarta, então o pedal de terça foi pra quarta seguido de corrida. Tenho corrido 7 ou 9 Km e isso é o que eu correria mesmo, com ou sem o pedal. Pode ser que uma semana dessas eu passe a corrida pra terça e faça o pedal no dia certo mesmo. Não sei...
Estou sentindo que tem que ser assim. Tenho que seguir um plano mestre, mas tenho que ter a liberdade de mexer nisso para o bem da minha vida, senão a vaca vai pro brejo!
E não é questão de diminuir o ritmo, pelo contrário, acho até que o treino ficou mais forte!
Esse final de semana tenho um treino de 3h pedal + 90min corrida. Bom, vou ousar e fazer 2000 swim / 100km bike / 15km corrida forte. Vamos ver o que dá! Acho que tenho volume e background suficientes pra isso, além de que não estou numa planilha comum, onde os volumes começariam a cair com a proximidade da prova, comecei tarde e acho que vou levantar o volume até a semana da prova e encará-la como mais uma transição forte! Porque não?
Meu melhor 90Km bike / 21km run eu fiz quando me preparava pro Ironman 2008, numa transição. Pedalei pra 2:40 e corri pra 1:40 num puta sol e com subidas!
Então vou tentar algo parecido...
Os treinos? Ah! Ia me esquecendo...

Segunda: OFF

Terça: Natação: 2000m

Quarta: Pedal 50Km (media de 32km/h) + Corrida 7Km (pra 4:48min/km)

Quinta (hoje): Pedal de 60Km (média de 31,5Km/h) e ainda vou tentar nadar a noite.

Estou com dores nos tornozelos mas vou levando... Meu peso parou nos 70Kg e está ótimo, não estou tão fraquinho mas mesmo assim estou 5Kg a menos que o mês passado.

Tenho sentido uma boa força no pedal e minha respiração está tranquila na corrida, só não corro mais forte porque dói muito...

Agora vamos trabalhar pois esse negócio de triathlon não me paga nada, aliás, só consome!

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Ô feriadão bom!

Como eu disse, esse final de semana só ia ter treinão!
Sabadão foi foda. 120Km na roda do Cesão! O cara tá treinando pro Ironman de Cozumel e mesmo meio contundido ainda é um problema andar na roda dele. Deu quase 32 de média nos 120Km ainda com o vendo da ida, aliás, tá ventando na ida hein?! Hahaha, pois é, de Limeira a Sumaré foi só vento na cabeça, na volta a coisa foi bem mais fácil mas o Cesão não deu moleza e a média subiu. Cheguei com o "beiço" branco e com a perna dolorida, parei na AABB tomei um sol na piscina com a Karol e com o Luca.
Domingo, fui correr na Limeira-Piracicaba. O objetivo: 2 horas o melhor que desse...
Pois é, não deu muita coisa.
Os primeiros 30 min foram travados até aquecer os tornozelos e os tendões doloridos. O ritmo nessa altura era de apenas 5:45 min/km. Comecei a me sentir melhor e comecei a minha luta pelo melhor ritmo. Fiz alguns tiros de 5 min a 4:40, 4:30 e isso fez a média chegar a 5:30 quando eu já corria há 1 hora. Daí, a partir do Km 11, 12 comecei a lutar novamente, mas dessa vez era pra não cair mais o ritmo.
Eu estou com pouco treino de corrida e senti isso quando aos 16km comecei a ver 6:10 min/km no meu Garmin! Porra! Quebrei?!?!
Firmei bem meus pensamentos na corrida, dei uma cotovelada na boca do estômago do Jack e decidi terminar aquela corrida de cabeça erguida e ritmo bom, minha meta era não deixar cair dos 5:30 até as 2 horas. Senti muitas dores, pensei em parar, e as vezes alternava momentos de 6 pra 1 com outros de 4:15 pra km e foi esse Fartlek desgraçado que fez minha média ficar nos 5:30 min/km até as 2 horas de corrida.
Cara, doeu tudo!!! com dor até nas costelas!!
Acho que minha mente estava mais animada que minhas pernas...
Mas, apesar de tudo, cumpri minha meta do feriadão.
Não vi motivos para mudar as coisas e treinar na segunda, o que foi ótimo pras minhas pernas, então, passei o dia com a Karol e o Luca, fomos ao clube e à casa do meu irmão... Aminha irmã está grávida!! muito feliz por isso! É um caso claro de "presente de Deus".
Hoje não treinei pela manhã, apenas nadei agora a noite e a exemplo da semana passada, amanhã farei um "brick" pedal/corrida.
Bom, depois do treino de amanhã, digo se foi uma boa idéia ou não...

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Tô cansado, porém feliz!

Ontem, como viram no post eu estava feliz com a transição da manhã, estava na pilha!
Ma no treino da noite, o cansaço apareceu. Meus braços não puxavam água e minhas pernas nem atendiam...
Foi duro!
Fiz 3000 e parei pois já estava me arrastando.
Comi bem, dormi legal e fui com tudo pro pedal com a turma e o Braw. 80Km revezando a frente com um PUTA VENTO na ida (média de 31Km/h) o que ajudou bem na volta (fechamos com 33.8 de média). Foi bom e como o Braw disse, a gente tem que focar no ritmo, não adianta fazer gracinha, o ritmo é que importa e eu concordo.
Foi duro pois eu não costumo fazer 2 treinos de ciclismo seguidos, mas valeu! Agora é descansar (o corpo, porque a mente está a mil no trabalho) e guardar forças para o final de semana prolongado, UHUUUUU!!! Só vai ter treinão!!!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Bricks...


Depois de Domingo, descansei segunda e pulei o treino de terça (pedal) pois pensei em fazer hoje. Mas ontem fui nadar junto com o Luca, a Karol conseguiu chegar na academia a tempo de pegá-lo e dar banho, então consegui nadar 4.000m. Foi bom, teve 2 T10 e eu fiz 650m nos 2. Cheguei em casa bem, antes eu chegava desses treinos de 4 pau muito acabado, hoje estou melhor...
Agora pela manhã, fiz o que tinha planejado quando não fui treinar ciclismo na terça de manhã, fiz uma pequena transição!
Por dois motivos: Primeiro que eu achei que não conseguiria acordar e correr, pois saindo da cama frio os tendões doem mais, então pensei em fazê-la depois de um pedal, daí eu pensei em matar o de terça e passar pra hoje. Segundo, transição além de muito legal é um bom modo de correr menos e valer mais a pena. Eu explico, li uma matéria na Triathlete desse mês (eu assino online) que fala uns truques de como melhorar a maratona no Ironman. Um deles é fazer bricks (esse é o nome que eles dão para transições, só não sei se é porque "constroi", daí o nome bricks=tijolos ou se é porque a sua perna fica pesada igual um tijolo). Enfim, o cara fala que cada milha corrida depois de um pedal forte equivale a 3 milhas corridas com a perna descansada. Uau!! Já que eu não tenho segurança pra sair pra um treino de 15km, pedalei 40Km pra 33,1 de média com muita subida e vento contra na descida (ô azar!) e saí pra correr 5Km pois me sinto mais seguro em correr com as pernas quentes. No caso de hoje, corri 7,5Km pra 5:16/Km, isso porque quando eu atingia os 4:40/km eu lembrava que aquilo poderia piorar a tendinite, então baixava pros 5:30/Km novamente.
Achei que fiz uma boa escolha de treino, sem dizer que me senti bem! O tendão esquerdo doeu um pouco, mas o direito nem senti.
Fiz bastante alongamentos (os que me fazem bem) e tomei uma dose de massa com 3 BCAA, isso junto com vitaminas C e B são as coisas mais fortes que estou tomando e pretendo ficar assim pra sempre.
Meu peso está baixo, cheguei aos 70Kg. Deu 69Kg depois do treino, mas aí já é líquido... Vou chegar em Pirassununga com 68Kg pesados pela manhã.
Bom, hoje vou nadar mais 4.000m ainda e amanhã posto mais!

Abraços!

domingo, 25 de outubro de 2009

Um "grauzinho" a mais ou a menos?



Vendo umas fotos da minha antiga Plasma, que hoje está com o Niltinho (Nilton Cardoso, organizador do Triathlon de Piracicaba e um velhinho muito mala, hahahaha), vi que meu banco era um pouco mais para trás que o da minha Plasma de hoje. Então quando fui instalar um "velho" suporte de caramanholas atrás do banco, resolvi colocar o meu banco na mesma posição da antiga Plasma.
Cara, na quinta passada pedalei com há muito tempo não pedalava e hoje fui valente nos 90Km e o melhor de tudo isso, esse "grauzinho" a menos na minha posição parece que favorece uma melhor flexão dos meus tornozelos e meus calcanhares baixaram mais. Isso faz com que minhas panturrilhas trabalhassem mais relaxadas e parece que isso me permitiu correr hoje! É claro que estou tomando antiinflamatórios, mas já estava antes e sem nenhum resultado. Ficou tudo melhor depois que eu mudei a posição do selim!
Me lembro muito bem que aquela antiga Plasma marcou meus melhores pedais. Como um treino que fiz lá em Pira de 3x20Km pra 31, 30 e 30 min sem vácuo com 5km de descanso entre os tiros ou os 160Km pra média de 36 revezando com o Digão, ou a prova olímpica em Pira que eu saí pra correr em sexto no geral!!
Eu andava muito bem e muito confortável naquela bike e o melhor, aquela época marcou o fim de uma velha tendinite que sempre me aparecia e que apareceu também depois do Brasileiro em Vitória que eu pedalei a grande parte da prova com o Ciro e com o William na época que minha Plasma ainda tinha guidão curvo e Sti. Depois disso a dor pegou forte e passei apuros. Então o Digão fez um bike fit um dia antes da prova de Pira e eu arrebentei na prova, a dor sumiu!
Agora, ficou claro que o tendão dói pra correr, mas a causa da dor está no pedal. Os tiros de subida que o Braw me deu na corrida, só pioraram algo que já havia aparecido por causa do pedal.
Agora que eu achei a raiz do problema, vamos rezar para a dor ir embora mesmo!
Espero que ela vá logo, pois a prova está ai!

Graças a Deus, está dando certo!!

Fiquei chateado de perder o treino com a galera na AABB ontem, mas como eu disse eu iria virar esse jogo, e virei!
Hoje acordei cedinho, dei um "mata leão" no Jack que ficou desacordado no banheiro de casa e fui pra AABB disposto a cumprir meu treino: 2000 natatação / 90km de pedal / 10Km de corrida. Corrida? Putz!
Mesmo com toda a dor que estou passando, encarei o desafio e fui.
Estava tudo pronto desde sexta, então deu pouco trabalho, mas mesmo assim fiz merda...
Cheguei no clube e quando fui arrumar minha bike pra depois da natação, percebi que esqueci as garrafas de carbo!! Pooorrraa!! Gritei às 7:00 da manhã num clube vazio.
Pensei em voltar, mas já tinha tirado a bike do carro, então decidi ir assim mesmo e mudar o pedal pra Anhanguera, assim eu passava em casa e pegava as garrafas.
Parti pros 2000m. Que delícia!! Eu estou acostumado com a Acquação que é aquecida, quando eu caio numa piscina fria, parece que não cansa! Desci o braço e saí com 28:50!!! Bom, eu sei que a piscina é boa de nadar, mas acho que errei a conta. Também se errei, nunca vou saber, mas se adicionar mais uns 100m fico dentro dos 30min que queria fazer, ótimo!
A parte da bike ficou mais difícil pois eu queria fazer na Limeira-Piraciba e pretendia algo perto dos 34 de média, mas com as subidas da Anhanguera até Cordeiro e o vento contra de Cordeiro-Limeira, a média caiu pra 32.5 e fiz muita força na Limeira-Piracicaba pra mantê-la assim. Deu certo, acabou com 32.6 e fiquei muito feliz com isso.
Parei no clube, vesti os tenis e saí pra corrida CAGANDO de medo da dor nos tendões e foi aí que a coisa aconteceu. Não doeu muito e pude correr os 10Km pra média de 5:20 min/km. Não é muito, eu sei, mas pra quem tava MANCO foi um MILAGRE.
Mais de quatro de horas treino, nadei bem, pedalei forte e consegui correr!!! Fiquei extasiado.
Se formos analisar, fiz "metade da prova" pois os outros 11Km da prova de Pirassununga, é a "segunda parte"da prova... Quando quebrai lá, quebrava logo nos km 5 ou 6 de corrida, se eu chegar nos 10Km, vou correndo até o final.
Hoje me sinto capaz de pelo menos treinar melhor a corrida e "brigar" dia 22/11. Estou vivo.
Depois eu conto melhor o lance com a posição do meu selim, acho que foi a chave para essa recente melhora nos meus tendões e no meu pedal.
Abraço!

sábado, 24 de outubro de 2009

Putz, que bode....

Tinha 2 convites pra treinar e fiquei dormindo. Tô muito triste por perder o treino com o pessoal na AABB...
Cheguei tarde do casamento do Digão, mas nem tanto, porém não consegui acordar para o treino. Tinha tudo pronto, carbo, roupa separada e bike pronta, mas abri os olhos pela manhã e eles teimaram em ficar fechados.
O Jack venceu essa,
Amanhã vou tentar virar o jogo... Vamos ver.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Planilha?? Onde?

Nossa! Tá difícil de seguir essa dita cuja de planilha. Não pelo volume ou intensidade, mas pela vida como ela é.
Quarta a noite fui nadar, fiz os 4.000m. Foi uma aula cheia de séries de 50 e 25m e mais 4 x 500 (5x100 medley, 500 braço craw com palmar, 500 craw, 500 braço craw sem palmar), saí "bagaçado"da piscina.
Tenho uma vitória pra noticiar, baixei 4,5kg de peso, numa boa, apenas manerando na "suplementação"que em alguns momentos é muito mais do que a gente precisa e isso me engordou. Notei isso quando faltou tempo de passar na loja pra comprar carbo e gel e eu tive que improvisar algumas vezes com frutas, bananinhas e água como por exemplo num pedal de 120km. Terminei bem "no aspecto nutricional" e percebi que comecei a perder peso. Esse perda de peso era uma meta pra mim há tempos, mas como se eu não comia direito e tomava 2 gels antes de nadar pra compensar isso? Agora, como meu lanche regularmente antes da natação e só tomo 1 gel depois dos primeiros 2000m se precisar! O gel tem que ser algo que nos ajude nos momentos de muito esforço onde o gasto calórico é maior do que o seu estoque, do contrário, comida mesmo já resolve. Pra vocês terem uma idéia, eu já tomei uma caramanhola de 750ml de Glicodry antes do treino e 2 gels durante... O josafá do meu lado tinha só uma de 500ml de maltodextrina e mesmo assim ele nem tomou tudo...
Acho que eu estava exagerando.
A palavra de ordem agora é "cortar" exageros. Estou melhor assim, mais leve.
Tenho medo de perder potência, principalmente no pedal, mas como eu já tava no fundo do poço em matéria de pedal, agora só tem um caminho: pra cima!
Hoje pela manhã, fui pedalar. Não consegui pedalar ontem pois choveu e vou perder a natação hoje por causa do casamento do Digão, então resolvi pedalar. Fiz média de 32.8km/h nos 50Km. Pra mim tá ótimo! Então eu acho que estou mantendo a potência e acho que ainda vai melhorar.
Como vocês estão vendo, a planilha furou essa semana, mas os treinos que fiz, fiz bem feitos.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Novo aliado!


Segunda comprei um novo aliado nessa luta. Um Asics Nimbus 11. O tênis é mais leve que a versão anterior (que eu já detonei e que fez os 75Km), é super confortável e muito bonito também. Geralmente não ligo pra beleza do tênis, já tive tênis de todas as cores pois como regra, nas lojas, quanto mais diferentes as cores, mais difícil do carinha que faz academia comprar, aí o tênis sobra na prateleira e o pessoal da loja liquida. Já comprei tênis por menos da metade do preço porque era laranja, vermelho ou verde limão...
Mas esse comprei o lançamento, então escolhi a cor e pra variar foi a combinação que eu mais gosto, preto com amarelo.
Corri essa manhã com ele, foi um 6 pra 1 de 8Km onde eu senti um pouco de dor, mas estou medicado e já não sinto mais nada, mas percebi que o tênis ajudou bastante, na verdade, durante o dia, se eu pudesse eu o usaria direto, pois ele é muuuuiittooo confortável. Acho que ajudaria até a curar a tendinite... Eu falo isso pra Karol e ela acha graça, ela pensa que eu falo isso só pra justificar a compra, mas é verdade!
Como diz o Vallim, o tênis parece um Landau de tão confortável!!

terça-feira, 20 de outubro de 2009

"Aventira" uma aventura pela mentira...

Fiquei muito puto com o Domingo sem treino, mas fui a um churrasco com amigos que não via há muito tempo, Andre Dascal, Juliana e a filhinha deles Hannah. Estava também a Viviane, dona da chácara. Ficamos a tarde toda, fez sol, pegamos piscina... O Lucão adorou e eu e a Karol tivemos uns momentos de paz como há tempos não tínhamos. Relaxamos bastante, fez bem...
Parte dessa paz veio da conversa que tivemos no sábado até as 2 da manhã.
A Karol é minha companheira mesmo e provou isso me ajudando como ajudou sábado.
Eu estava puto com o que está acontecendo e procurava várias formas de driblar essa contusão e a Karol abriu meus olhos me fazendo enxergar que quanto mais eu lançava mão de artifícios para tentar melhorar meu estado atual, pior eu ficava. Isso me deu condições de enxergar a verdade, que estava no meu nariz e eu não queria enxergar: Se eu tento ser algo que não sou, eu posso até conseguir por um tempo, mas aquilo que eu sou realmente, um dia vem lá do passado e cobra um preço alto por esse meu "passeio" fora na realidade.
A cobrança veio. Está sendo difícil, mas tenho certeza que pagarei esse meu débito e ainda sairei mais forte que antes e o que é melhor, serei eu mesmo. Talvez até, o Jack seja muito beneficiado por essa minha "aventira" e fique cada vez mais forte enquanto eu minto para o meu verdadeiro eu. Talvez ele seja produto dessa falsidade que me rodeou por esse período e talvez agora que estou do lado da realidade ele vá embora... Quem sabe.
Graças a Deus tenho a Karol do meu lado, ela está me ajudando muito.
Vaidade é um veneno para nós e um bálsamo para o Jack, precisamos saber disso.
Ontem perdi o treino de natação... O Luca não quiz entrar na academia, então vim pra casa com ele, dei uma jantinha e quando a Karol chegou, não tinha mais pique pra ir treinar. Coitadinho dele, estava cansado... Acho que deve ser cansativo ficar na academia enquanto treino, então quando ele pede eu faço...
Hoje pela manhã fui pedalar, o Jack quase me amarrou na cama mas consegui sair e fiz um bom treino, 60Km pra média de 30Km/h. Não é muito, mas o que vale é que é real. Essa é a palavra forte: Realidade. O resto é vazio.
Agora a pouco levei o Luca pra natação dele e aproveitei e fiz 2.000m também, assim eu pago o de ontem! Beleza, missão cumprida. Boa noite.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Falhei no Domingo...


Não fui correr Domingo, o tendão tava bem dolorido e tive também uns compromissos que me atrapalharam. mas o que atrapalhou mesmo foi o tendão de aquiles, que no meu caso deveria chamar "tendão de Jack". Tô tomando remédio e acho que o que aconteceu sábado foi revelador, tomei algumas decisões depois disso e tenho certeza que colherei resultados. Tudo o que se faz certo e pro bem, dá resultado!
Abraço!

sábado, 17 de outubro de 2009

Tá complicando.

Hoje foi um dia duro. A exemplo do que foi sábado passado o pedal foi uma dureza, fui com o Rodrigo mas segurei muito o ritmo que deveria ser o treino, estou bem fraco.
Sem dizer que percebi que o pedal também está machucando o tendão (digo no singular pois o direito dói pouco, já o esquerdo está generalizado, dói o tornozelo todo mais um pouco do lado de dentro da canela). Essa descoberta foi boa, vou abaixar um pouquinho meu selim pra ver se consigo relaxar mais o tornozelo e abaixar o calcanhar, isso acabaria com a tensão na panturrilha que causa todo o esforço "extra" no tendões. Isso já funcionou uma vez, acho que vai ajudar.
Depois dos 120Km a uma média ridícula, sai pra correr os 30min na zona 3-4 mas que na verdade não passou de 3. Fiz uma média de um pouco menos de 6min/Km e parei com MUITA dor. Passei o dia me odiando por ter feito isso e não tomei antiinflamatório mas no início da noite não aguentei e tomei remédio.
Amanhã vai ser foda, não sei o que fazer... Estou considerando até não fazer e o Jack tá adorando... Vocês nem imaginam a quantidade de besteiras o cara tá me propondo... se eu der ouvidos a ele, ai sim que a merda tá feita!
Mas que é tentador, é.

Abraço.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Relato de treino...

Ontem não deu mesmo pra pedalar, voltei pra casa e quando vi a Karol e o Luca aqui eu desisti. Jantar em casa com seu filho e sua mulher depois de um dia de trabalho duro é bem melhor que fazer spinning...
Hoje acordei e fui correr, arrisquei corre pro horto e até corri lá dentro na subida. Senti dores, mas algo que dá pra aguentar. Alonguei bem antes e depois e continuo tomando antiinflamatórios... Fiz 10km em 1 hora. Nada mau pra um manco como eu.
Agora a pouco nadei 4.000m. Duas aulas com 200m solto (braço, costas, craw, etc) e 100m tiro a 100% (craw, perna craw, medley, etc..). Foi assim as duas aulas, direto!! Taquei 1'30"no tiro de 100m medley!! Tô exausto!
Comi e agora vou dormir... Amanhã, 120Km d bike + 30min corrida zona 3-4. Deus me ajude.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Chuva...


Hoje a chuva melou o treino de ciclismo, o Jack adorou!
Eu estava prontinho pra sair quando começou a chover mesmo! Tive que voltar pro apto... O bom foi que eu fiz o leitinho do Luca e assisti um pouco de desenho com ele antes de vir pra agência.
E por falar em agência, o ritmo de trabalho tá frenético, minha cabeça tá estourando, mas é assim mesmo, sempre que quero me focar no triahlon o trabalho vem e pega pesado. A grande arte está em superar isso e não perder o foco...
Ontem fiz 4.000m de natação, 2 aulas seguidas, a primeira forçando em todas as séries, inclusive num T20 que fiz 1250m, enquanto a galera mais próxima fez 1200 e eu ainda me enrolei na saída e quando eu comecei o T20 os caras já estavam 25m na frente, eu busquei e taquei mais 50. Foi bom pra caralho! Me senti bem pois não dei tudo o que podia e mesmo assim foi bom... Depois teve 4x100 pra 6 seg acima do melhor. Fiz 1'20", 1'20", 1'19", 1'20". Meu melhor é 1'12"mas saindo de cima, então acho que foi bom. Não sou bom em natação, todos sabem, mas o legal é que me senti bem. A segunda aula, fiz na maciota... Meu, fiquei com um buraco no estômago depois do treino... Hahaha, comi um monte quando cheguei em casa... A Karol fez a segunda aula comigo, foi legal, ela tá nadando super bem!
Bom, se der, eu ainda faço um pouco de spinning pra pagar o treino de manhã que não houve por causa da chuva! É ruim mas é o que dá pra fazer... Quando minha casa estiver pronta, vou ter um lugar bacana pra girar no rolo... Vai ser massa!

Abraço!! Fiquem com Deus!

Beijo pra Márcia que é minha irmã, pra Karol e pra todas as irmãs do mundo, hoje é Sister's Day!!

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Corri!!!

É galera, foi dolorido mas foi. Troquei o treino de hoje pelo de sexta e possivelmente repetirei na sexta também. Foram 60 minutos de corrida na grama, Zona 2 de esforço e nem sei o quanto eu corri, só sei que corri e isso já é o bastante para o momento. Levei o Jack e o puto não parou de me tentar a correr rápido, vira e mexe ele dizia: Putz, onde você quer chegar com essa corridinha?? Sabe o que os caras estão treinando?? hahaha.
Pois é, fui forte, não dei ouvidos e no final do treino ele já tinha ido embora. Cumpri meu treino, venci, por hoje.
Dor? bastante, mas bem menos que domingo. Isso já é um progresso!

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Primeiro dia, feito.

Ok! Hoje o dia começou com o treino completo! 30 min. aquecendo, 4 x 10 min com descanso de 3 min, soltando mais 30 min. Não consigo passar o treino direto do Garmin pois estou no Mac e o 305 não funciona aqui, o 310xt funciona mas quebrou o vidro e estou arrumando um jeito de concertar. Mas posso dizer que foi como deveria ser, não me preocupei com a média, que mesmo com os descansos e o trajeto de ida e volta ficou perto de 32Km/h, mas me preocupei mesmo com as zonas de esforço. Todos os tiros foram na zona 4, começavam na 3 mas logo iam pra 4 e eu fazia força pra manter. Foi ótimo!
Os tendões doem um pouco, mas estou medicado e quero ver o que consigo amanhã na corrida. Vou com calma depois da dor que tive domingo...
Pela manhã, o Jack olhou pra mim com cara de malandro, como quem diz: Você não vai conseguir... Mas consegui e quando ele viu que eu estava bem, voltou pro canto dele, e se depender de mim, não sai mais de lá!

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

O pacto.

Depois de um final de semana cheio de altos e baixos, decidi algo que talvez me faça sofrer muito mas que com certeza me fará crescer também.

Os altos do final de semana:
Ironman Hawaii!! Meu aquilo é muito legal! Fiquei de olho o dia inteiro, acompanhei o pessoal aqui do Brasil, em especial o amigo Ciro Violin, cara forte de Leme que de vez enquando treina por aqui. Esse clima de Ironman Hawaii é como final de copa do mundo pra quem gosta de futebol, é climax da nossa paixão, o Ironman.

Os baixos do final de semana:
Sábado fui treinar ciclismo e sobrei, coisa que já vem acontecendo, mas dessa vez foi desastroso... Foi feio. Depois no domingo fui correr 2 horas na boa, mas não aguentei de dores nas pernas (já explico o porque) e parei com 1 hora e menos de 10km corridos. Agora estou com os dois tendões inflamados e quase não consigo por os pés no chão pela manhã. Isso tudo ainda fica pior quando lembro que já estou inscrito no Long Distance de Pirassununga (22/11) e no Ironman Brasil (maio de 2010)!!
Há 2 semanas, mudei de treinador e comecei a treinar ciclismo e corrida com o Braw e mantendo meus treinos de natação com o Willian na Acquação. A natação tá beleza, não sou dos melhores mas me defendo. A corrida não tava mau, mas achei que devia melhorar e o pedal estava péssimo!
Pois o Braw vem me ajudando a melhorar no ciclismo a cada dia, mas a corrida, me matou. Ele começou bem debaixo comigo, ensinando postura e a forma correta de correr na subida, descida e plano. Pois é aí que a porca torceu o rabo.
Todos aqueles corretivos, saltos e treinos de rampa, fuderam meus tendões!! Tô com uma dor que há muito tempo não tinha, e se esse é o preço pra se correr correto, vou continuar a correr errado e ponto final. Já fiz maratonas (inclusive no Ironman) e recentemente uma Ultramaratona e não acho que sou o máximo, mas pro momento preciso mesmo é de treino, não doutrina. Vou arriscar essas técnicas todas no final do ano, entre o Long Distance e o começo dos treinos pro Ironman, agora, tudo o que eu preciso é de antiinflamatórios e corridas na grama!! Já fiquei 6 meses sem correr por causa desses tendões e se eu deixar a inflamação ficar aguda, vou ter que tirar mais 6 meses e isso me custaria o long e o IM... Nem a pau!
Tenho 6 semanas até o LD e acho que consigo chegar bem lá, mas vou ter que me virar sozinho na corrida...
A decisão:
Abaixo segue meu plano de treino até lá, é mais ou menos o que eu já faço e quase todas as semanas são iguais, mas acho que está organizado e têm uma certa coerência. Não tem adaptation, building ou race fase, mas pro momento é o que eu posso fazer, vai ser uma "building (ou rebuilding fase) de agora até a prova, só vou tirar um pouco o pé na semana da prova.




Quanto à natação já venho nadando 2.500 a 3.000 3x por semana e nadar 4.000 já era um plano e já fiz isso antes e me senti muito bem. Pro meu nível de natação, nadar bem depende única e exclusivamente do tempo que eu gasto dentro da piscina, se nadar bastante, nado bem, se nadar pouco ou faltar de treino viro um "martelo sem cabo".
Sei que esse plano de treino vai me fazer sofrer muito devido o estado dos meus tendões, mas acho que ainda há tempo pra isso. Tenho certeza que aguento e se aguentar mesmo, vou dar trabalho dia 22.
O mais importante de tudo isso é que estou postando isso aqui (e vou enviar e-mail só para as pessoas que realmente participam desse blog) pois quero sua ajuda e cobrança, da mesma forma que fiz quando parei de fumar, contei isso para o maior número de pessoas possível, pois assim, voltar atrás seria mais vergonhoso e isso me manteve firme no propósito. Será como um pacto...
Pois bem, está lançado o desafio. Espero poder fazer todos esses treinos que me propus, a começar do pedal de amanhã, já que o tempo tá chuvoso...
Uma abraço a todos!

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

A luta continua...

Quando entrei nesse negócio de fazer triathlon éramos bem amadores. Claro que continuamos sendo mas, com tudo o que empregamos de recursos, tanto financeiros como nosso tempo e estudo para atingir mais e mais resultados, fica difícil chamar isso de amador. Afinal, dedicar 15 horas da semana ou as vezes mais, é um esforço considerável e isso faz do triathlon um esporte, pra mim é claro, amador mas que necessita de um alto grau de "profissionalismo".
Tenho falhado nessa parte e é aí que o Jack ataca. As vezes tenho vontade de atropelar o desgraçado, passar com o carro por cima, mas fica difícil acerta-lo quando ele vive tão perto de mim, dividindo meus dias, noites e até meus sonhos. O maldito usa de todo tipo de artifício pra me acertar, e como me conhece bem, acaba sempre acertando.
Tenho aliados nessa luta é claro, minha mulher e meu filho. Eles são meu lastro, o alicerce da minha vida, o norte pra onde a minha bússola sempre aponta e que me mantém na luta.
Faço triathlon à uns 7 anos e sempre me mantive em uma trajetória ascendente mas é claro que isso não ia durar pra sempre. Tenho sentido o cansaço das temporadas acumuladas, pois apesar de competir pouco, treino bastante justamente por ser essa a única forma que me sinto bem, treinando. Esse cansaço ofuscou o brilho do esporte e fortaleceu o Jack que por vezes quase me convence de largar tudo e é aí que a minha turminha me ajuda.
Meu filho amarra o monitor cardíaco no peito, põe meu relógio, meu boné, meu óculos e corre como louco dizendo que é igual o papai...
Cara! Isso é demais! Bate uma satisfação imensa, um orgulho enorme por ser modelo de algo tão bom para o meu filho, e no dia seguinte, lá estou eu novamente, suando o que posso pra me manter como triathleta e continuar sendo exemplo pro Luca.
O Jack cai nocauteado, atingido por algo que ele nem conhece, o amor. Essa coisa que emana do Luca e da Karol e que me dá forças é a luz que esse meu lado escuro precisa...
Venho tentando me manter focado, estou longe do ideal, mas estou me mantendo... Preciso mesmo é ficar longe de comparações. A média que os outros fazem no pedal de sábado ou a maravilha de corrida que rolou no domingo onde o cara fala que manteve um ótimo ritmo sem mesmo se esforçar, na boa, não me interessa mais.
Isso tira todo o meu foco, afinal, eu tenho que me preocupar é com o meu tempo, a minha força, o meu ritmo e não o dos outros... Quem tá melhor ou pior a gente vê depois da buzina e antes da linha de chegada, não nas conversinhas de vestiário de academia na segunda-feira!
Acho que assim eu conseguirei me manter focado em meus objetivos, mas se alguém tiver mais alguma técnica ou truque pra isso, me passa, estou sempre aberto ao conhecimento.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Brinquedinho novo!




Mountain Bike é uma coisa muito legal, a gente vai pra cada lugar! Faz força, se suja, chupa laranja e come goiaba.
Essa aí é a minha MTB nova:

Quadro Vicini Niota (personalizado pelo Edson de Arthur Nogueira www.edgrafix.com.br ) tamanho 17" com uma Proshock E60R (simples mas leve e funciona bem), quase toda SRAM X7, freios Avid SD7 com sapatas para aro de cerâmica, pédevela LX (dos novos). As rodas são uma CrossMax SL com parede de cerâmica que eu paguei uma bagatela no e-bay e tá novinha. A traseira é um cubo Crossmax "das primeiras que saiu", com 28 raios originais e um aro Sun Ringlé UFO de 370g! O Pedal é um cannondale que eu tenho há um milhão de anos, o canote e o selim são simples também. A mesa é uma Ritchey Pró e o guidão é um de Hong Kong (leve por bosta!) que eu paguei $15 no e-bay. Manoplas Ritchey de primeira e pneus Hutchinson Toro XC 2.15 (gordinho não?!), mas eu curto é mesmo pneu largo!!
O ponto alto da bike é mesmo a pintura do quadro. Eu pensei em fazer essa customização inspirada no carro da RBR (Red Bull Racing), aquela equipe de F1. Desenhei no Corel e o Ed fez tudo na máscara!!! Não tem adesivo por baixo disso aí não!! É pura arte na pintura!!! O cara é muito fera!!
Bom, não pesei pra valer a danada, mas é claro que subi na balança do banheiro com e sem a bike e deu + ou - 10,5Kg. Acho que consigo tirar esses 500g trocando o canote, pedal e talvez cassete e corrente. Mas o pesado mesmo é o pneu...
Mas isso fica pra outra hora, por enquanto o que importa é que ela é MUUUUUUIIIITTTOOO boa de andar! Leve, rápida e precisa. Se bobear, vou encarar um XTerra um dia desses!

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Mais um furo da Nike...

Quando eu nem praticava esportes ainda, lá pelos meus 15 anos virou moda usar um modelo de corrida do Nike Air, assim como foi há algum tempo com o Shocks. Então lá fui eu em uma loja da cidade e comprei em prestações meu Nike Air pra poder entrar na onda da galerinha do Nosso Clube. Após alguns dias de uso naquele verão comecei a pisar torto, como se uma perna fosse mais curta que a outra!! Depois de examinar o dito cujo do tênis, constatei que a "bolha" de ar que ocupava todo o calcanhar direito havia furado! Pois é, acho que pisei num prego ou algo parecido...
Fui à loja reclamar e tive uma grata surpresa: Me deram um par novo, sem muitas perguntas.
Isso ficou na minha mente por muito tempo, até que após eu começar a praticar triathlon, tive o mesmo relato de alguns amigos que tiveram problemas com a "bolsa de ar" furada, então consegui enxergar que o furo estava realmente no sistema de amortecimento da Nike, que hoje já não é mais o principal, ou então quando é, salvo o caso dos Air 360, fica mesmo é dentro do tênis ou até mesmo na palmilha. Há anos a Nike procura novas formas de amortecimento como o Shocks e agora o LunarLite, mas se um Air seu furar, bate na loja que os caras trocam, pois pra Nike é mais barato trocar essa pequena porção de tênis furados que achar outro sistema novo de amortecimento. Pois bem, pra mim o Air foi o PRIMEIRO furo que a Nike deu comigo!

Ontem comprei a edição 9 da Runner's World (um tnto atrazado) e vi um anúncio maravilhoso de um puta desafio que faz qualquer maluco por distâncias como eu ficar arrepiado! Uma corrida de rua entre São Paulo e Rio de Janeiro percorrendo 600km em 4 dias em equipes, com tempo de corte e um contra relógio de 10Km no quarto dia lá no rio, na praia de Ipanema.
Eu logo pensei em pegar uns malucos aqui dos Tricaipiras e formar uma equipe pra participar desse desafio, mas ao entrar no site e ver o que era preciso para participar, constatei o Segundo Furo da Nike na minha vida: Somente as assessorias de esporte como Run4Fun, Race, Butenas, Branca etc poderão escrever suas equipes na prova onde a infra estutura vai acomodar os corredores em "Nike Villages" com muita pompa e mordomia. Além dessa forma de acesso só existe mais uma: Comprar um Nike Air +, com um adaptador que só funciona no Ipod Nano e mesmo assim, gastando uma pequena fortuna, você ainda está sujeito a uma seleção.

Cara, corrida de rua é esporte de pobre, democrático, onde o mais forte vence. Magrelas de roupas surradas e tenis velhos, gente até sem tenis!! É pura raça, força de vontade e amor ao esporte e não burgueses organizados em pequenos clubes, comentando o tempo da maratona de Chicago ou o frio que estava em NY ou Paris, usando roupas de grife e participando de provas com nomes como Fashion Run ou coisa parecida. Fashion? O que tem de fashion em cuspir, escarrar e peidar durante a corrida?? E quem tiver coragem de me dizer que nunca fez isso durante uma corrida está passando atestado de não-corredor!
Eu até brinco com a minha esposa, que também corre maratonas, que eu vejo que ela está treinada pela distância que o cuspe dela alcança! Hahahah, é sério!
Correr é algo intrínseco ao homem, desde os primórdios o homem corre ou pra caçar ou pra não ser caçado! Por isso, quem quer correr, precisa de um tenis, um shorts e uma camiseta e só!
Encher esse ícone do esporte popular com grifes, perfumes e parafernálias tecnológicas caríssimas e ainda por cima segregar o humilde impossibilitando a ele o acesso a um desafio de corrida como esse, é um puta furo da Nike.
Poderíamos com certeza criar uma equipe muito legal de Tricaipiras e mandar bem nessa prova, mas não nos é permitido...
Peço a todos que têm blogs, comunidades e listas de e-mails de interessados em esporte, corrida, triathlon, etc... que passem esse "manifesto" a frente.
Peço também, a grandes organizadores como o Célio Baliero (valeu Célião, aquela mina que trabalha pra você não ia me dar o Chip nem a pau e dessa maneira eu nunca poderia dizer que fui um "survivor" na Bertioga-Maresias) que pensem em desafios como esses com critérios de seleção mais democráticos, pois eu acho que até mesmo o índice técnico ou currículo são formas muito mais justas de seleção do que simplesmente a cidade que você mora ou o grupo social que você pertence.
Peço desculpas aos que se sintam ofendidos com algumas de minhas colocações, mas faço isso por desprezo a essa gigante marca que ao invés de contribuir com o esporte no Brasil, exclui os humildes e privilegia os ricos de forma tão descarada.
Nunca gostei muito, mas de agora em diante não uso mais Nike e pra falar a verdade, quem entende mesmo de corrida sabe que tênis pra correr é Asics ou Mizuno, o resto é marketing.

Abraços!

segunda-feira, 27 de julho de 2009

A briga tá feia!

Eu e o Jack estamos nos pegando na porrada ultimamente. Um dia desses a luta começou as 5:00 e só teminou as 5:40! Foram 40min de muita luta, voltei pra cama umas 4 vezes, olhei o céu pela janela umas 3 e finalmente, depois de muita luta, joguei uma água no rosto, escovei os dentes, vesti um monte de roupa (tava frio pra cassete!), comi um pão, uma caneca de café com leite, 3 BCAA, 1 Animal Pack e preparei uma dose de 750ml de carbo e saí!
Levei um Gel comigo pois achei que tava faltando pois na quarta eu nadei a noite e acordei meio "varado" de fome.
Comecei oficialmente uma "planilha" essa semana, não está pesado, aliás, acho até que tá leve perto do que eu já fiz, mas algumas mudanças na minha vida estão tornando a rotina um pouco mais difícil.
Com a minha desistência do Ironman Arizona, sobrou pra treinar pro Long Distance de Pirassununga, e meu velho, só de bronca eu quero voar naquela prova!!
Nego que tiver me marcando, eu já aviso, rala muito nos treinos que o negócio vai ser complicado!!
Outra coisa que me anima muito em fazer uma boa prova em Pira, é que acaba virando um ótimo começo pro Ironman Brasil 2010. Então o plano é esse, fazer um bom 1/2 em Pirassununga pra arrebentar tudo no Ironman Brasil 2010.
Com isso tudo, acho que terei muitas brigas feias com o Jack por esses dias mas isso não me preocupa, pois eu sei que quando pegar o ritmo e estiver motivadão, o cagão do Jack some e não perturba mais... ô cara chato!

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Pegando ritmo.


Depois de um longo e tenebroso inverno... Quer dizer, ainda é inverno, mas o que interessa é a mudança de pensamento.
Fiquei bastante tempo parado depois dos 75k em Bertioga mas sempre que posso eu treino, só que a gente sabe que treinamento de verdade não tem esse papo de "sempre que posso" tem que ser "sempre" podendo ou não.
Agora estou comprometido a fazer o que sempre faço: 3 treinos de corrida, 3 de natação, 3 de ciclismo e 2 musculações, só que em ritmo de readaptação...
Estou morando perto do Horto Florestal de Limeira e vou fazer alguns treinos por lá, pelo menos uma corrida nas trilhas e um MTB por semana.
Na foto dá pra ter uma ideia do local, é bem legal correr num lugar assim, não acham?
Bem, agora então está tudo certo, é só aguentar um pouco de frio esse mês que em agosto começa a esquentar, mas é importantíssimo esse mês de treino pra quem quer estar em forma para as provas de agosto / setembro do Niltinho (se é que ele vai fazer olímpico, porque short eu não corro) e vou te dizer: Vou dar trabalho!!!
Abraço a todos!

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Ufa! Foi por pouco!


Quando vi que já passavam de 900 inscritos para o IMB 2010, tratei de "dar um jeito" e fazer a minha. 905 é meu número e agora é só esperar e treinar muito.
Se bem que é difícil manter o foco numa prova tão distante, mas acredito que essa será nossa realidade daqui pra frente. No próximo ano, trate de levar o notebook pra Floripa e garantir sua vaga pra 2011 lá mesmo, na segunda-feira, ou se caso eles disponibilizarem a inscrição no local, leve a grana pra pagar pois esse ano levou mais ou menos 25 dias pra esgotar sendo que pra 2009 levou quase 6 meses. Então, com certeza o ano que vem os gringos, que ficaram de fora na sua grande maioria, não vão perder a chance e farão a inscrição voando!!!
Outra hipótese é a da organização abandonar a forma “caseira” de inscrição no seu próprio sistema e adotar o “active.com”, veja bem, eu disse “active” não “ativo”, como única forma on-line de fazer inscrição... Quem sabe o ativo.com pega essa...
A todos os que conseguiram essa vaga, parabéns! A gente se vê por lá!
Aos amigos que infelizmente perderam, não desanimem, venham treinar da mesma maneira, como se estivessem inscritos, não vai fazer mal nenhum, pelo contrário, só vão crescer! Além disso, uma prova fora do país é uma alternativa, mas lembrem-se, tem que fazer a inscrição no dia seguinte da prova desse ano!
Segue uma lista de provas pra fazer ainda no mês de julho de 2010:
5 de Julho – Áustria - http://ironmanaustria.at/splash/frame.htm
5 de Julho – Alemanha - http://www.ironman.de/
12 de julho – Suiça - http://www.ironman.ch/
26 de julho – Lake Placid – USA - http://www.ironmanusa.com/
Além dessas têm as ótimas opções de novembro (pós mundial) como www.ironmanarizona.com e www.ironmancozumel.com
É isso aí, agora é treinar, treinar e treinar... E esperar.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Trindade do triathlon??? Já vi isso antes...

Ah! O cara da globo usou um termo que eu usei semana passada!!! Legal!
Nilsão no pedal! Muito Massa!!!!
Ciro! Apareceu um pouco no final... Deu pra ver bem o 220V!!!! Eh!! Propaganda gratuita na globo!! (Gratuita nada né?!?! Puta trampo!!)
Outra coisa, falaram até do Alexandre Ribeiro que foi décimo primeiro, mas não falaram que o melhor amador foi brasileiro! Cirão tem que dá um "presta atenção" no seu pessoal de assessoria de imprensa! (como se desse pra mexer em alguma coisa da Globo, hahaha).
Bom, enfim, PARABÉNS a todos, principalmente pros marinheiros de primeira viagem que mandaram muito bem!!!
Ano que vem a gente TREME junto na largada em Jurerê!! Êita, friozinho bom na barriga!

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Calma gente, calma...

(Escrevi esse post na semana passada mas vou publica-lo hoje...)

Não estou deprimido ou coisa parecida. O Beça até falou: "chora que chorar faz bem.." (?), hahahaha! Boa Beça!!! Cara, valeu pela ajuda, e de certa forma eu estava mau mesmo. Mas como eu disse, estou curado. Vou nadar, pedalar e correr o máximo que conseguir... Santo remédio!!
Meu problema é que eu gosto de escrever, é um ótimo exercício de criatividade. Só que eu carrego muito no "sentimento" e aí fica assim, parecendo um tango...
Mas fiquem frios, se a gente se cruzar na estrada, não fiquem com dó não, porque se tiver dó, eu não terei!! Soco a bota mesmo! Hahahahahaha!

Abraço pra todo mundo e obrigado por aguentar esses textos doidos.
A gente se vê nos treinos e provas!

domingo, 7 de junho de 2009

Senhor, eu vi a luz!

Quero agradecer a todos que escreveram sobre meu último post e todos aqueles que me encontram e sempre têm algo de bom pra falar sobre isso.
Realmente, correr 75Km não é pouco, nem é fácil, mas eu sempre acho que poderia ser melhor e nessa eu vi que faltou muito pra eu ser melhor. Faltou treino, faltou atenção, faltou foco e isso se traduz no meu atraso na largada. Fiz o que eu nunca pude me acusar anteriormente: fui desleixado, negligente... Vacilei e o Jack cresceu.
Paguei por isso, fiz uma prova gigante e fui o último. Sei que vale muito o fato de "ter feito" e como disse o Vallim, perdeu quem não fez, ou aqueles que largaram e não conseguiram terminar, mas para o meu espírito competitivo isso tudo é muito difícil, nunca fui o último.
Estou numa confusão de sentimentos, mas devo olhar pra frente e seguir o rumo.
Neste momento estou passando por muitos problemas pessoais que me tiraram do prumo, mas graças a Deus, estou numas semanas de "larguei mão" e estou apenas comendo muito e descansando.
Quando tudo isso passar, a poeira baixar, vou recomeçar meus treinos, encontrar uma prova pra me dedicar (pois é, estou inscrito no Ironman do Arizona mas acho pouco provável que eu faça a prova por causa desses problemas que falei) e quando eu decidir o que fazer e quando fazer vou fazê-lo com toda a certeza de que dei tudo de mim. Aquele tipo de prova que você faz tudo e mais um pouco, sem se importar se vai quebrar no meio da corrida, mas se quebrar vai fazê-lo de cabeça erguida, como quem se dedicou, se esforçou, viveu o triathlon na veia e foi franco consigo mesmo a ponto de dizer: Quebrei mas estou feliz pois fiz tudo o que podia, não faltou nada!
Ou então, colher os louros da vitória (no meu caso, vitória é melhorar o record pessoal, pois não ganho uma prova desde os tempos da BrasilFit!!) e voltar pra casa mais feliz que nunca, mais triatleta que nunca!
Fico muito feliz quando vejo um cara como o Ciro, realizado com o que fez e ao mesmo tempo merecedor do que conquistou. Essa postura é capaz de muita coisa, isso sem dizer é claro que o Ciro tem muito talento, mas a postura de campeão é tudo!
Vou tentar então, pegar um pouco de tudo que eu recebi nesses últimos dias e canalizar de forma positiva para uma nova etapa. Vou pegar a sabedoria das palavras do lendário "LongDistancer" Marcelo Vallim, meu brother, a determinação e a gana do Ciro, as palavras positivas de caras como o Davison, Willian, Beça, Ávila e tantos outros que me olham com admiração quando eu falo que fiz uma prova de 75Km de corrida e vou transformar em energia pra olhar pra frente e seguir o rumo. De hoje em diante, estou renovado.
Desculpem minhas lamurias e esqueçam todo o resto pois fazemos parte de uma religião energética, que transforma drogados em atletas, doentes em "sarados", nerds em "caras legais de shorts apertados" e aqueles que já eram atletas em Homens de Ferro, enfim, fazemos parte do maravilhoso culto ao triathlon que com sua própria trindade (swim/bike/run/) nos renova a cada dia dando força pra aguentar a água gelada, o vento no pedal e o morro na corrida.

Amem!

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Bertioga-Maresias - 75Km!!!!

Vou escrever rápido pois estou no meio de um dia cheio!
Foi duro!! Completei em 9:30 (aparece 9:45 no site mas me atrasei 15 min pra largada e o Célio fez a gentileza de me entregar o chip e me deixar correr! Valeu Célio!!). Passei uns 4 ou 5 caras da categoria Survivor mas mesmo assim fui o último a chegar... De 57 inscritos apenas 37 terminaram sendo eu o trigésimo sétimo!!!
É meio frustrante ser o último, mas para um desafio como esse pode se dizer que eu deixei 20 cara pra trás!! E se eu tivesse largado junto com todo mundo, teria deixado mais uns 4 pra trás também.
A Karol foi muito forte, aguentou até o fim e olha que foi muita praia, lama, subida e o morro de 3km que separa Boissucanga e Maresias... Sem dizer que ela estava sem voz por causa de uma gripe.
Foi muito legal conhecer todos aqueles lugares, praia-a-praia, ainda mais num desafio como esse..
Ufa, valeu! Terminei. E olha que por vários momentos pensei que não terminaria...
Abraço a todos.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Putz, passou voando...

Não, não foi eu quem passou voando, alias tenho muito é me arrastado!

Voar é para pássaros e correr para Quenianos, hahahahaa! Pois é como é dolorido esse negócio de correr!!?!?! Tenho provado todos os tipos de dores e problemas, e é claro, muitas satisfações também! Correr é demais! Deixa a gente motivado e super em forma, mas então, por quê eu tô desmotivado e acima do peso? Já respondo: Porque não aguentei a pressão e mandei ver na comida e guloseimas. Tenho tantas coisas na cabeça que não tive condições de me preocupar com nutrição balanceada, portanto, em relação ao meu peso de competição (como por exemplo no Ironman de 2008) que é 68/67kg, os 73kg que estou pesando hoje serão um toque a mais nas dificuldades dessa ultramaratona. Pensa como o meu amigo Vallim: Sai pra fazer a sua corridinha normal com um saco de arroz de 5kg preso no seu corpo...

Sacou?!

É claro que no meio disso tem muito músculo (eu espero) pois não estou com aspecto de quem carrega gordura apenas. Não fiz nenhum tipo de exame ou medida, mas estou certo que dentro desse peso tem músculo também!!

A falta de posts nesse blog é um exemplo claro de como anda a minha vida, uma total correria (em todos os aspectos), mas mesmo assim farei prevalecer minha maior virtude, a teimosia, e completarei essa prova só pra calar a boca do Jack que tanto anda me atrapalhando nos últimos dias.

Só pra atualizar a respeito das últimas semanas, corri muito, sofri bastante e fui sempre acompanhado por uma dor forte no nervo ciático que só dá trégua depois daquela estraladinha básica que eu dou na coluna que eu aprendi com um massagista, uma queimação horrível na planta do pé direito (que indica claramente que estou jogando o peso em cima dele) e por último uma encurtada nos músculos posteriores das pernas, consequência de muitas horas de corrida e pouco alongamento que está começando a me causar uma tendinite na região dos tornozelos. Isso tudo e muito anti inflamatório formam a minha bagagem pra Bertioga-Maresias.

Conto com o apoio super especial da Karol que vai pedalar os 75km do meu lado e todo mundo que de certa forma me apoia, mesmo que de longe, nessa loucura.

Mas preparem-se, mais loucuras virão!! Acho que o meu caso é sério!!! Hahahahahahahaha!

Obrigado a todos que acompanham esses meus relatos, depois da prova eu posto os resultados de tudo isso.

Um abraço especial pro Vallim que me escreveu dando dicas valiosas, ao Tarek que sempre que me vê solta um comentário animador e otimista, ao pessoal que vem fazendo os longos comigo de Domingo (boa sorte lá em São Paulo pessoal!!!!) e é claro a Karol que me atura com essas ideias loucas e o Luca que me inspira a tentar ser um pouquinho melhor do que eu sou a cada dia que me presenteia com aquele sorriso lindo!

Márcia, Billy! Vocês estão incluídos, sei da torcida de vocês, alias, sinto no meu coração essa torcida.

Ah! Tem também a galera que vai pra Floripa fazer o Ironman! Um abraço a todos e boa prova!!!

E Jack, seu dia vai chagar e é sábado! You gonna die mother%$#@*&!!!!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Vamo que vamo pros 75k


Já estou em ritmo de Bertioga-Maresias, a ultra-maratona de revesamento que vou fazer solo. Serão 75Km entre Bertioga e Maresias, um local que eu amo e passo todos os finais de ano, mas não sei o que vou achar de lá depois dessa paulada! Hahaha, até parece que eu vou deixar de gostar de Maresias...

Bem, já estou treinando espeíficamente pra prova e para isso sacrifiquei o pedal de terça e coloquei mais uma corrida. O Jack tá me olhando de forma estranha, achando que eu vou deixar de fazer triathlon, mas ele está é com medo... Tenho certeza que ele desiste antes de mim!

Estou mudando de casa e isso me deixou meio atrapalhado, mas em breve as coisas entram nos eixos. Já fiz uma corrida de 33Km e me senti bem (bem dolorido! Hahahaha!) Isso foi Domingo e na terça meti 5 tiros de 2 min com 2 min de descanso pra bem abaixo de 4min/km nos tiros e completei até dar 1 hora de corrida. Me senti super bem, pois apesar do longo no domingo, eu estava recuperado e alem do mais, era outro tipo de treino, o que ajuda muito!

Agora é assim, muita corrida e pouca conversa! Ainda manterei 2 pedais na semana, 2 aulas de natação e 2 musculações, tudo isso mais os 4 treinos de corrida (mais ou menos 70-80km por semana agora no começo).

Acho que esse volume de corrida vai subir bastante principalmente por causa dos longos de final de semana (vou chegar a 6 horas de corrida no domingo).

Quero ver se o covarde do Jack me acompanha... Vai sofrer!

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Tô meio perdido, mas o treino nesse feriadão foi 10!!

Galera, tô meio perdido por causa da falta de competições de triathlon (pra mim é claro, pois prova tem um monte, só que eu não vou!!) e também por precisar priorizar o treino de corrida pros 75km da Bertioga-Maresias... O Jack fica me provocando, falando que eu dei o passo maior que a perna me inscrevendo pra essa Ultramaratona, mas vou mostrar pra ele...

Só que esse feriado resolvi relaxar e treinar com a galera do TRICAIPIRAS, mesmo que não fosse o treino ideal pra essa minha fase, mas pelo menos me diverti bastante.

A partir de hoje vou priorizar a corrida longa, mas segue abaixo os treinos de sexta e sábado:

SEXTA - Corri com o Davison 21km pra média de 5:30/km do jeito que tem que ser: Progressivo! Foi um ótimo treino e me surpreendeu o Davison estar correndo daquele jeito... Se continuar firme assim vai fazer uma ótima maratona...

SÁBADO - Era pra "TODO MUNDO" ter pedalado e corrido, mas na verdade só eu e o Thomaz corremos 20min depois dos 80km de pedal, e vou falar, o muleque "me levou pra treinar"...
Putz! Ele tá muito forte no pedal! Em alguns momentos, ele deu uma segurada pra eu continuar com ele, pois se ele quisesse, me largava fácil.... Falta um pouco na corrida, mas ele é novo e vai aprender muito ainda.
PARABÉNS pro Thomaz! Esse menino tem talento!!!
Não foi um pedal excepcional, deu uns 30km/h de média, mas tava ventando bastante e a volta do Graal tem bastante subida... Foi um bom treino, sem dizer que eu ADORO transição!! Pra mim é a expressão máxima do nosso esporte. Largar a bike e correr é TRIATHLON na veia!!! Putz, dá até uma animada...
Depois desse final de semana, o Jack deu uma quebrada, calou a boca e ficou no canto dele... Ainda não tive notícias do miserável...

DOMINGO - Comi pra caralho e num fiz nada!! CHOCOLAAAATEEEEEEE!!!!!!!! Hehehehe! Agora acabou! É treinar e treinar e treinar... 75Km de corrida vai doer, ainda mais se não me preparar!

Fábio, Beça, Davison e Marcelo, obrigado pelo treino! Thomaz, parabéns novamente!
A gente se vê nos próximos!

Abraço.

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Mark (The Grip) Allen no Brasil?!?!


Meu Blog não tem muito esse perfil, mas essa notícia eu não poderia deixar de comentar:
Cara! Espero que o ativo.com esteja certo disso, pois procurei na net e não encontrei mais nada a respeito!!
Mark Allen vai fazer a "Travessia dos Fortes 2009" nesse domingo, dia 5, como preparação para a sua participação no Ironman Brasil 2009!!!
Pra mim o Mark Allen já tinha parado há tempos!!! Putz!
Se isso for verdade, posso dizer que vocês que vão pro Ironman serão "abençoados" por competir na mesma prova que o cara. Ele é uma lenda do Ironman, assim como o Dave Scott é claro.
Bom, vamos tirar a prova nesse domingo, fiquem atentos!!
Aí vai o link da matéria:
30/3/2009 15:50 Por redação
Hexacampeão do Ironman na Travessia dos Fortes
O hexacampeão do Ironman do Havaí, Mark Allen estará no Rio de Janeiro para participar da Travessia dos Fortes 2009
O hexacampeão do Ironman do Havaí, Mark Allen estará no Rio de Janeiro para participar da Travessia dos Fortes 2009, que acontece neste domingo, dia 5, entre as praias de Copacabana e Leme.
Allen nadará lado a lado de grandes nomes da natação brasileira, como Poliana Okimoto e Luiz Lima. A competição contará com 2.500 atletas, sendo 24 deles estrangeiros


Abraço!

quinta-feira, 26 de março de 2009

Um dia da caça...


Ontem pela manhã (6:00) saí para meu treino de bike. Havia marcado com o Ezio e quando cheguei no ISCA o Elton estava lá também. Quem é de Limeira e pedala sabe que eu estava em apuros...

Fomos até Sta.Bárbara e no caminho o Ézio pegou um vácuo de caminhão e deixou a gente falando. Fizemos força e pegamos ele lá em S.B. mas é claro que ele tirou o pé...

Na volta ficou todo mundo se estudando. São 4 subidas até a entrada de Limeira e na primeira os dois não fizeram nada, então eu vim junto. Na segunda mesma coisa, na terceira também! Então eu pensei comigo, o Ézio (que estava sobrando saúde) vai aprontar na última subida depois do SAU, afinal aquela subida é conhecida como a "subida do Ézio", hehehehe. Lá em cima, passando pelo SAU o Elton virou pra mim e disse: - O Ézio vai querer largar a gente na subida, você vai ver! Eu pensei: Se eu pegar ele de surpresa é capaz de desanimar o cara.

E foi o que eu fiz.

Pulei na frente, larguei uma paulada na descida, clipado, de 53x11 (tramelão como os caras falam) e quando foi chegando a subida fui subindo catraca até chegar numa rotação boa e sai do selim socando até as pernas começarem a queimar e depois a queimação subiu pro pescoço e...

Putz, a subida quase no fim e eu sentei no selim e subi mais uma marcha, pronto pra começar a girar e ver os caras me ultrapassando.

Mas pra minha surpresa só o Elton veio comigo, o Ézinho sobrou! Putz! Eu sempre sou vitima desses caras e dessa vez fui o algoz!!

Viemos girando até que no Estudantes o Ézio chegou dizendo: - P.Q.P. Ceis num tem respeito mesmo hein!? Hahahahaha...


Ê Ézião!! Se ele tivesse chance, faria pior com a gente!! Mas acima de tudo, fiquei muito feliz por ter andado nesse nível (34km/h de média saindo da garagem do prédio) com dois cara que eu considero muito.

Até que pra um triathleta, tô pedalando bem!


Fica aí a lição: "Um dia da caça, outro do caçador."

domingo, 22 de março de 2009

10 pau nadando!!!! Bão também!

Não foi nenhum meio ironman, mas foi muito bom! Fui pra Ourinhos nadar os 10.000 m descendo o Rio Paranapanema numa prova, no mínimo, espetacular.
A viagem em si foi ótima, fui com minha mulher e meu filho e quatro amigos da natação da Acquação. O clima era muito descontraido, principalmente pra mim que estou acostumado a cuidar de bike, pneu, caramanholas, gas, reservas, sapatilha (velcro aberto é claro), capacete, oculos de ciclismo, gel, boné, tênis, cinto com número, chip, etc... Ufa! Triathlon é foda mesmo!!!



Nesse sábado só precisei de uma sunga, toca e óculos (isso porque não quis nadar sem toca, senão seria mais simples ainda!).
Agora, nadar 10km é que não foi nada simples... Parece fácil, por causa da corrente do rio, mas nadar durante 1:40:00 não é mole!
Tive todo tipo de pensamento, principalmente porque eu tinha muito tempo pra pensar, então o Jack trabalhava intensamente tentanto me fazer falhar. Mas, fala aí, Ironman, Meio Ironman, Maratonas... Acho que já tô meio calejado pra ficar dando "orelha" pra um mané como o Jack!
Então, soltei o braço e nadei o que foi possível, mas juro que nos 6.000 achei que fosse impossível! Nessa altura já estava com os braços bem cansados e as pernas também (nunca achei que isso fosse acontecer!) e quando eu vi a segunda draga na margem direita (esse era o ponto de marcação dos 6.000), putz, quase pirei.
Mas seguindo a tática de Dave Scott (mestre jedi do Ironman), dividindo a prova em partes, faltava apenas um dia comum de treino (tenho treinado 4.000m) e isso eu conseguia!
Depois de mais umas duas curvas e muito desespero, eu que já vinha na esteira de um cara (o cara de toca amarela que chegou antes de mim, fdp!!) avistei a primeira boia amarela!!! Uhu!!! A partir dela faltavam só 500m!!
Cara, parece que eu tomei uma "super bomba de outro mundo" pois meus braços ficaram novos, minhas mãos começaram a puxar muuuita água e minhar pernas nem se fale!
Botei um corpo na frente do sujeito e nessa briga passamos mais um, mas na chegada o cagão aqui, foi muito pra margem e pegou um redemoinho na corrente que me fez literalmente PARAR! Putz, o cara da toca me passou e o outro passou nós dois!! Hehehehe!! Foi muito massa!! Disputando na paulada depois de 1:40 de natação!!! Louco!!!!




Ficou na memória! Riozão 100%, água limpa e temperatura perfeita. A organização dos caras é muito boa! (O triathlon tem muito que aprender com esses caras).



Passamos a noite num hotel pois dirigir até aqui mais de 350km não seria seguro. Acordei no domingo, dei uma corridinha de 50min pela cidade e tomei um café monstro!!
A Karol e o Luca curtiram a viagem, afinal, somos uma equipe!

Um grande abraço aos amigos Josafá (nadou 10.000), Tochini (3.500), Orlando (1.500) e o Willian (professor de natação nadou 1.500m) hehehe, chupeta, nem foi de costas!!
Foi um ótimo final de semana e como eu disse, não foi triathlon mas foi BÃO TAMBÉM!!


sexta-feira, 20 de março de 2009

To desanimado...

Faz tempo que não blogo, mas era porque estava trabalhando muito e treinando bastante também.
Estou muito triste com os últimos acontecimentos na minha vida de triatleta. Perdi a inscrição do IMB2009 por pouco, então apareceu a prova de meio Ironman da Praia Grande e foi a salvação do meu primeiro semestre!!
Treinei do início de janeiro até há poucos dias e então no dia 10 soube que a prova seria cancelada! O organizador deu um motivo, parecido com o do ano passado, mas entrei em contato com o Sr. Rogério Rollim que é diretor de competições da Secretaria de Esportes da Praia Grande e descobri que o buraco é mais embaixo! Em breve vocês ouvirão muitoa esse respeito...
Além dessa prova eu tinha como meta pra esse semestre a prova de 10km de natação de Ourinhos-SP e a UltraMaratona de 75Km dia 31/05 de Bertioga a Maresias. Já é coisa pra caramba, mas o que eu gosto mesmo é de triathlon, sobretudo os longos e graças a esse digníssimo organizador de provas fiquei na mão.
A galera que ia pra lá, vai tudo pra Caiobá, agora dia 22 e eu até que tentei uma grana com meu patrocinador, mas assim de surpresa, não deu certo. Eu não tenho grana pra bancar a viagem e hospedagem em Caiobá, então sobrei.

Dá um sentimento de fracasso. O Jack tá cagando de rir!

Isso sem dizer as 10 semanas de treino que eu tenho nas pernas que não vai servir pra nada! Eu tava nadando 4.ooo m por treino, pedalando mais de 250km por semana e correndo mais de 60km por semana. Estava forte. Quem pedala comigo pode falar melhor, não sou nenhum Lance Armstrong, mas esses últimos treinos eu tava dando trabalho!
Agora vou pra Ourinhos amanhã nadar os 10.000m e começar a focar meu treino em corrida pros 75km do dia 31/05.
Triste, sou um triatleta que não faz triathlon! Dá vontade de largar tudo.
Ontem fui nadar, nadei mais de 4000m e isso me deu um endorfinada pois eu estava meio pra baixo sem treinar desde domingo. hoje corri 12km e tô me sentindo bem. Quendo eu estou treinando, estou em paz...
Bom, é isso, vamos parar de reclamar e vamos trabalhar. Estou pensando em dar uma "profissionalizada" na minha vida de atleta amador, quero dizer, serei um amador com foco de profissional. Acho que vai dar pé, assim eu não fico na mão nessas horas difíceis.
Pra galera que vai pra Caiobá, boa prova! Façam pra baixo de 5 horas, por favor, pois "se" eu estivesse aí, eu faria!
E como diz o Jack sobre essa estória de "se": - Se vaca voasse, choveria leite!

Abraço!

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Lembranças...


Me lembro sempre do meu pai quando faço treino de pista. Não que ele posse atleta, longe disso, mas porque numa certa época da vida ele resolveu perder peso, e para isso aliou dieta à caminhadas no centro cívico em Americana. Na época eu devia ter uns 7 anos e costumava acompanhá-lo nessas caminhadas. Andavamos algumas voltas, não me lembro quantas, mas era sempre o mesmo número de voltas, que para mim já era bastante!
Certo dia eu ganhei um Kichute (lembram disso? Era um tipo de chuteira toda de borracha que pesava muito!!) e resolvi usá-lo na caminhada ao inves do meu Rainha de sempre. Lá pela metade do treino, já estava super cansado e hoje tenho certeza que o Kichute foi culpado dessa canseira, e com toda a inocência de uma criança, virei pro meu pai e reclamei:
- Pai, tô achando que aumentaram o comprimento da pista!
Hahahaha! Meu pai quase morreu de rir!
Ele costumava lembrar muito disso e toda vez que ele falava, nós dávamos muita risada.
Meu pai nunca me viu atleta, quando ele morreu eu estava no auge do meu descaso com a saúde e pesando mais de 83kg o que eu mais escutava era que eu parecia mais velho que meu irmão André que é 10 anos mais velho que eu!
Sempre que corro numa pista como aquela de Americana, me lembro do pai e especialmente dessa época do regime dele quando ele perdeu muito peso e se afastou da bebida por um tempo. Eu me lembro dele todo santo dia mas é especialmente lá na pista que ele me acompanha e essas doces lembranças se tornam um anestésico para o cansaço e a dor do treino.
Ontem foi especialmente duro, 19km com muitos tiros e recuperações num total de quase 2 horas de treino onde sofri bastante.
Foi muito difícil, e olha pai, tô desconfiado que aumentaram a pista novamente...